Raiva, amor, chip, água

Hoje me sinto tão copo d'água,Não transbordo mais, nem vazio estou,E o que me cansa é isso: a medida certa, Concretizei-me,Fugi de todo tipo de participação,Como se isso fosse me impedir da minha natureza cortante, Ah, que raiva desses cacarecos,Ficam se jogando por aí,Ficam se expondo ao risco,Parece que querem mesmo entupir os ralos e... Continuar Lendo →

Penúltimo pensamento

Por Miriam Costa ( Você, também, conhece alguém pela forma como se fala ao telefone.O tom de carinho que move as palavras. A questão do gramatical, pode ser engraçada.A forma como muda a conversa facilmente.Insinuações sensuais.Risos casuais.Pelo telefone não se vê lágrimas, mas se sente o peso.Não se sente o cheiro, mas se percebe o nível... Continuar Lendo →

Não tem graça

Por Erica Gil A velha história, posso te contar. Tudo vago, impossível se alegrar.Aqui é doença, tiros, economia perdida, lágrimas, gritos da descrença e discurso sarcástico. Não posso ficar indiferente comemorandoo brilho da desgraça, e o poder achando graça. Não é um pesadelo ou um livro triste.É a nossa realidade infeliz.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora