Para os dias tristes

Por Plinio Cesar Batista

Tantas coisas se perdem com o tempo

Até o próprio tempo acaba se perdendo

Estive tantas vezes nesse lugar

E mesmo não te reencontrando,

Por não ser o momento,

Era você que eu insistia em procurar

Se as coisas nunca saem como planejadas

As nossas decisões podem estar em mãos erradas

E é isso que é preciso mudar

Saiba,

Será necessário mais que uma simples pedrada

Para que eles consigam nos derrubar

E se mesmo assim

Tivermos uma das nossas asas quebradas

Arrumaremos forças

Pois existe um longo céu azul

Que nos convida a voar

4 comentários em “Para os dias tristes

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: