A infância e o brincar

Por: Fellype Ferraz

Na infância tudo é belo, o tempo é cheio de alegria, o dia é caça ao mistério e a noite achado de magia. Ser criança é viver num universo paralelo, faz do balde um oceano, na areia faz castelo. Através da brincadeira a criança se expressa, quer crescer e ser feliz e torna isso uma promessa. As paisagens da infância são coloridas por memória, luta só de travesseiro, pois todo dia é de glória. Quando adormece no sofá vai acordar na própria cama, faz diferente do adulto e não tem medo de ir pra lama.

Sobre medo, só do escuro. Sobre dor, só no joelho. Aparência não preocupa, admira o próprio espelho. Quem diria que um dia a infância seria saudade, desejar voltar no tempo e retornar pra outra idade, depois que cresce fica cinza e perde o gosto do brincar, a pessoa quando é adulta deixa a vida amargar. Quando a infância terminar, preserve a alma de criança, o mundo adulto é caótico, vai brincar de ter esperança!⁣

3 comentários em “A infância e o brincar

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: