O problema foi a paixão

O problema foi a paixão,
Oh sim, a paixão,
Esperava que tivesse sido de novo culpa da raiva?
Não, não, foi a paixão,
Tudo culpa da paixão,

Romance só é permitido no cinema,
Só ali, escondido, no escuro,
Só na fantasia que essa besteira é aceita,

Entrega só a do correio,
Não tem que dar nada pra ninguém não,
Só quando você paga é que você merece receber,

Um dia vão te dizer que você quer demais,
Que você fez demais, que você esperou muito,
E que nada tá bom,

Um dia vão te dizer que você devia ter falado mais baixo,
Que seus olhos deviam ter brilhado menos,
Que você tinha que mexer menos as mãos enquanto fala,
Que você tinha que dar um jeito de deixar a sobrancelha parada,
Que você tem que ser infeliz como todo mundo,
Que não tem espaço para alguém com tanta paixão assim,

Vão te querer menos,
Vão sempre te querer menos,
Vão sempre querer que você seja menor,
Que você diminua para que não toque o sol,
Quem quer a si mesmo vai querer sempre mais,
Então vão te convencer a ser menos,
Vão te convencer a querer menos,

Por isso digo que o problema foi a paixão,
Sim, o problema foi a paixão,

Vivendo ao lado de quem vive sem paixão,
Errado é quem ainda desperdiça sua energia tentando estar vivo.

Dan Elias é ator, dramaturgo, jornalista e escritor. Um fazedor de arte, por pura necessidade, que de silêncio não morrerá. Siga no Instagram: @xdanelias

3 comentários em “O problema foi a paixão

Adicione o seu

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.

Crie um site ou blog no WordPress.com

Acima ↑

Crie seu site com o WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: